Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

CHOCANTE : "QUANDO EU MORRER VOU CONTAR TUDO A DEUS",AFIRMA CRIANÇA VÍTIMA DA GUERRA NA SÍRIA

Imagem
“Quando eu morrer, vou contar tudo a Deus”, afirma criança vítima da guerra na Síria

Por Dan Martins
No último mês a agência EFE informou que mais de 150 mil pessoas morreram desde o início da guerra que assola a Síria a cerca de três anos. Em meio a essa situação desoladora, um menino de 3 anos de idade chamou a atenção do mundo todo quando, pouco antes de morrer, afirmou que “contaria a Deus” sobre a guerra quando morresse.
"Eu vou contar tudo a Deus", teria afirmado a criança, que não foi identificada.
Segundo o Acontecer Cristiano, o menino estava muito ferido quando proferiu essas palavras, vítima dos confrontos no país, e morreu poucos dias depois. Essa afirmação chamou a atenção em todo o mundo, e o site Economy 2.0 comentou afirmando que isso serviu para aumentar a conscientização sobre tudo que está acontecendo no mundo.
"Morrem pessoas inocentes todos os dias por razões que não consigo nem explicar, uma vez que eles não são culpados de nada", afirma o site.
De …

POKEMON E O SEQUESTRO DO DESEJO - AS CORPORAÇÕES DEFINEM O QUE NOS FALTA

Imagem
Garoto segura boneco de "Pikachu" durante uma "caçada em massa" a pokemon em Madrid, na Espanha, em 28 de julho Sociedade AnálisePokémon e o sequestro do desejoNovo jogo escancara: na vida urbana mediada pelo celular, as corporações definem o que nos falta e nos vendem a reconfortante ilusão de que decidimos por Alfie Bown | Tradução: Inês Castilho — publicado 02/08/2016 20h34, última modificação 03/08/2016 09h56 Este artigo tem um título clickbaity mas aponta uma questão simples e preocupante. Em 2010, o Google lançou aquilo que é hoje uma subsidiária muito importante, a Niantic Inc. A mega-empresa lança muitas filiais por ano e adquire outras, não há nada de especial nisso. A questão é: o caso da Niantic mostra que há mais do que desejo de poder econômico nesta expansão. Seis anos depois de nascer, a Niantic chega às manchetes com o lançamento de seu maior jogo, o Pokémon Go. O público finalmente volta os olhos à empresa. Gente à esquerda propõe até mesmo boicotá-la. …

POKÉMON GO : MAIS DO QUE UM HYPE,UMA FERRAMENTA REVOLUCIONÁRIA

Imagem
Pokémon GO: mais do que um hype, uma ferramenta revolucionária ByBruno MacedoInInovação28jul 2016
Se você nasceu antes da década 1990 deve se lembrar como eram diferente as brincadeiras daquela época, comparadas às que temos hoje. A imaginação e um grupo de amigos eram suficientes para as pessoas se divertirem um bocado.Que tal fazermos uma viagem inversa ao que costumo fazer nos meus textos sobre futurismo, e voltarmos ao passado e recordar nossas lembranças. Naquele tempo, não existia diversão em smartphone nem em computador. Videogame até tinha, mas era pouco acessível comparado ao que é hoje. As principais diversões eram as brincadeiras lúdicas, as esportivas, e claro assistir TV. As pessoas se divertiam mais fora de casa do que dentro. Em meados dos anos 90 se iniciou um processo de globalização que revolucionou o entretenimento, e houve uma influência forte de outros atores do outro lado do mundo, como a cultura pop nipônica que trouxe para o Brasil seriados inspirados nas narrativa…