FRANÇA,A OUTRA NICE QUE NÓS QUEREMOS RECORDAR

França, a outra Nice que nós queremos recordar


Nice, a cidade próspera e glamorosa, foi palco de mais um ataque que vitimou dezenas de pessoas numa noite que devia ser de festa. Era assim que se vivia aqui, junto ao mar, no século passado.
Via-se o fogo de artifício esta quinta-feira à noite na Promenade des Anglais em Nice, uma das cidades mais turísticas de França. Era Dia da Bastilha, feriado nacional, a data mais importante do calendário francês. Enquanto os foguetes estalavam e os concertos recomeçavam, um homem conduziu um camião pela multidão, ceifando a vida a pelo menos 84 pessoas e ferindo mais de 100. A festa terminou em desgraça.
Esta não é a Nice que queremos recordar. A que nós guardaremos na memória é a cidade plantada à beira-mar com avenidas, palácios e casinos onde vivem atualmente 10 mil portugueses. É a cidade da costa azul, da Riveira francesa, ali ao lado de Cannes. A das catedrais e dos museus, dos observatórios e dos estádios que pintam os postais. A mesma que foi florescendo desde o início do século passado, quando as lavadeiras ainda cantavam nas margens do rio Paillon e o Hotel Negresco tinha acabado de ser inaugurado.
Fonte:http://observador.pt/2016/07/15/franca-a-outra-nice-que-nos-queremos-recordar/

Postagens mais visitadas deste blog

RÚSSIA E CHINA ESTÃO JUNTOS NA SÍRIA

INTOLERÂNCIA,RACISMO ÀS CLARAS E FUZIS À MOSTRA : O QUE VI(E SENTI) NO MAIOR PROTESTO MOVIDO PELO ÓDIO EM DÉCADAS NOS EUA

BRASIL ABANDONOU LIDERANÇA DA AMÉRICA DO SUL PARA SE ALINHAR AOS EUA,DIZ PESQUISADORA